Na tarde de domingo, 14, Gregg Sulkin esteve no evento para arrecadação de fundos realizado pela Children Mending Hearts, Empathy Rocks Fundraiser, em Malibu, CA. Além de Gregg, o evento contou com presenças de celebridades como Shay Mitchell, Lucy Hale, Zendaya e Rowan Blanchard. Gregg  também anunciou um prêmio. Você pode conferir as imagens em HQ abaixo ou acessando nossa galeria.

Arrivals

Inside

 

Confira a entrevista de Gregg nos arrivals do evento

Entrevista para o canal de Perez Hilton no YouTube (Perez  TV)

 

Gregg também atualizou suas redes sociais com fotos e vídeos, confira abaixo:

 

#childrenmendinghearts #charity #family

Uma foto publicada por Gregg Sulkin (@greggsulkin) em

Língua de fora, fora do sol! Dia divertido com alguns amigos adoráveis @shaym @sammyinla #childrenmendinghearts #charity #pllcastmates

“Apresentando no ‪#‎childrenmendinghearts‬! Sempre um prazer ser cercado por amigos, ex-colegas de elenco e outros atores determinados a retribuir”

 

Vídeo postado por Shay Mitchell em seu Snapchat.

Posted by Gregg Sulkin Brasil on Domingo, 14 de junho de 2015

 

 

CATEGORIA(S): GSBr

A conta oficial de Gregg Sulkin no Instagram ultrapassou na noite de hoje (11) a marca de 1 milhão de seguidores!

Captura de Tela 2015-06-11 às 21.17.43

 

Além disso, o ator também aproveitou sua rede social para agradecer pelo apoio, confira:

“Então, depois de um treino intenso, eu olhei para meu Instagram e percebi que tenho 1 milhão de seguidores. É meio estranho de pensar que fotos que eu posto tem a oportunidade de serem vistas por 2 milhões de globos oculares mas eu estou bem humilde, agradecido e grato de ter todo seu apoio. Eu nunca esperei essa mudança de Londres mas esperançosamente que vocês continuem me apoiando :) Obrigado. Gregg”

Ainda não segue Gregg? Clique aqui

CATEGORIA(S): GSBr

Confira na íntegra, a entrevista que o Gregg concedeu à Visual Tales Magazine no mês de maio:

Visual Tales: Defina a palavra “ator” e o que isso significa para você.

Gregg Sulkin: Alguém que é comprometido, profissional e disposto a sair da sua zona de conforto, enquanto mante os elementos de sua própria essência e personalidade que o faz diferente de todo mundo.

VT: Você começou sua carreira de atuação numa idade bem jovem, 10 anos. Como foi essa experiência? Foi fácil a transição para papéis mais maduros ou foi uma experiência completamente diferente?

GS: Eu tenho sido sortudo. Foi uma experiência bem esclarecedora estar em filmes e na TV quando criança. Eu pude compartilhar as telas com atrizes como Helena Bonham Carter, então eu aprendi grandes negócio. Eu também costumava olhar para atrizes/atores arrogantes no set e pensando “se eu um dia estiver nessa posição, esse NÃO é o jeito de agir!” Então você espera aprender do melhor e se comportar diferente do resto. Eu acho que minha transição aconteceu naturalmente. Pra mim. Não tem sido tão difícil. Graças a Deus!

VT: Quem você se inspirou na sua profissão como alguém que você gostaria de ser?

GS: Leonardo DiCaprio e Bradley Cooper. Eles levam isso a outro nível. E de novo eu também tenho um grande respeito por alguém como Channing Tatum, que começou como um modelo/dançarino e ganhou respeito para tornar-se alguém familiar. Andrew Garfield é também alguém que eu tenho um grande respeito e admiração.

VT: Você tem feito uma série de atuações em filmes, filmes de televisão e séries de televisão. O que é mais interessante para você como um ator que já vivenciou todos eles?

GS: Eu não conseguiria dizer. Tudo depende do personagem, as pessoas envolvidas e o roteiro. Leva vários elementos para um filme ser fantástico e realístico, só um elemento dando errado já torna tudo um desastre.

VT: Na cultura de redes sociais que vivemos, tudo é levado por número de seguidores do twitter e instagram. Sucesso as vezes pode ser determinado por quão popular e atrativo você é. Qual sua visão pessoal disso?

GS: Olhe, no final do dia, você ter 5 milhões de seguidores te faz mais importante de alguém que tem 50? Aparentemente sim, mas aos meus olhos, não mesmo. Na realidade, um médico salvando alguém tem 75 seguidores, mas uma garota atraente tem 2 milhões. De um ponto de vista do marketing, em favor de contratar um ator, claro que importa e negócios são negócios – eu entendo isso. Mas eu acho que nossa sociedade no geral gasta muito tempo em redes sociais e usando tecnologias. É uma vergonha, mas esse é o caminho que nossa sociedade está seguindo. É o que é.

VT: Você está atualmente na segunda temporada de “Faking It”. Nos conte sobre seu personagem, Liam Booker. Como você vê a evolução desse personagem no futuro? Seus dias de colegial foram tão loucos como no Hester High?

GS: Eu não faço ideia! Os escritores parecem estar fazendo meu personagem mais engraçado conforme o show progride, então vamos esperar que continue. Eu vim de uma escola só de garotos que eu odiava. Os professores de Liam gostam dele em Hester High. Meus professores e eu definitivamente não éramos melhores amigos!

VT: Você fez um filme ano passado chamado “Affluenza”, o qual fala sobre adolescentes privilegiados de famílias ricas e como fortuna não é a resposta para felicidade. Sendo do show business, qual é a sua visão na fama e estilo de vida dos ricos e famosos? A imagem que a mídia passa é simplesmente borrada?

GS: Minha visão sobre a fama: vem com muita responsabilidade e se você a usa para dar um impacto positivo no mundo, é abençoada. Sobre ser rico: Uma vez eu li uma citação – é na verdade o plano de fundo do meu celular – que diz. “Não importa quão legal sua casa é, quão novo é seu carro, ou quão grande é sua conta do banco, nós todos terminamos no mesmo tamanho de túmulo. Permaneça humilde.” É verdade. Eu acho que muitas pessoas são obcecadas por dinheiro, o que diminui o tempo que você tem de apreciar as coisas gratuitas, como amizade, a paisagem, esportes, etc. A mídia faz tudo parecer perfeito. Eu conheço várias celebridades que são consideradas ícones, mas se as pessoas as conhecessem de verdade, eu duvido que continuariam sendo seus ícones.

VT: Se você pudesse mudar uma coisa na indústria de entretenimento, o que seria?

GS: A indústria atual é boa. Eu amo. Embora, eu provavelmente gostaria de ter certeza que o processo de casting fosse um pouco mais amigável com o ator.

VT: Nos conte sobre seus próximos projetos de filmes.

GS: Tenho dois filmes saindo em breve: “Anti-Social” chega aos cinemas em maio no Reino Unido. Eu faço um artista de graffiti “badass”. Eu quis esse papel porque era tão diferente e desafiador. O outro filme é “Don’t Hang Up”, um filme de terror que sairá no final de 2015. Eu realmente quero fazer um filme de ação, mas talvez demore alguns anos.

VT: Então esse tema é “Estrelas”: se você tivesse a oportunidade de ir pra algum outro planeta da galáxia, qual deles você escolheria? O que e quem você levaria junto?

GS: Eu quero ir a todos! E além da minha família, (eu levaria) uma garota, então nós poderíamos nos apaixonar, ter filhos e ser a primeira família naquele planeta. Essa é uma historia para contar aos netos!

Confira todas as scans na nossa galeria clicando na imagem abaixo:

VTM5

 

Fonte: Visual Tales Magazine

 

CATEGORIA(S): GSBr

Gregg atualizou recentemente suas contas no Instagram e Snapchat, várias fotos e vídeos em sessão de ADR (gravação de diálogos adicionais) do seu novo filme “Don’t Hang Up” e anuncia que será lançado no final de 2015.

Pra você que está se perguntando “Que diabos é ADR?”
ADR: Additional Dialogue Recording ou GDA: Gravação de Diálogo Adicional, É quando você redubla partes do filme.

Ex: um avião atrapalhou a sua fala ou você não falou o desejável.

Você pode conferir as  imagens e video abaixo:

Just before a long session of ADR, having a nice little cuppa' of @FitTea #FitTea

Uma foto publicada por Gregg Sulkin (@greggsulkin) em

“Antes de uma longa sessão de ADR (gravação de diálogos adicionais) tomando um bom copo de @FitTea #FitTea”

Novo vídeo de Gregg em sessão de ADR (gravação de diálogos adicionais) via Snapchat

Posted by Gregg Sulkin Brasil on Segunda, 8 de junho de 2015

“Ele é meu diretor! Pessoas insanas.”

“Outra sessão cansativa mas gratificante de ADR para “Don’t Hang Up” – o meu novo filme que você vai estar vendo no final de 2015! MUITO feliz com o resultado.”

 

“Mesmo que pareça que eu não tenho sobrancelhas, eu quis postar esta imagem porque era a minha última sessão ADR de “Don’t Hang Up” e é um daqueles projetos que você sai se sentindo maravilhoso e feliz que o seu trabalho duro valeu a pena :)”

 

Gregg e os diretores de “Don’t Hang Up”

2 dos meus diretores favoritos. Amo esses garotos. Bombeado para “Don’t Hang Up” saindo em 2015! Prepare-se. Vi alguns clipes. Parece irreal.

 

Quem ai está super ansioso para Don’t Hang Up ?

Fiquem ligados aqui no GSBR para mais informações!

CATEGORIA(S): GSBr

Confira exclusivamente a entrevista que o Gregg concedeu à alguns meses para a Origin Magazine, a qual foi liberada nesse sábado (06) de junho:

[ATUALIZAÇÃO] *** Edição de junho (Origin 24).

Sobre cuidar de sua família, ser saudável, e tentar achar uma namorada em LA.

Robert Piper: O que te inspira?

Gregg Sulkin: Minha família é a coisa mais importante pra mim. Portanto, é, sem soar muito brega, minha meta e sonho cuidar da minha família agora e esperançosamente uma família futura. Eu estou animado para ser um pai um dia. Não agora, mas definitivamente no futuro.

RP: Como você permanece saudável?

GS: Eu malho quatro ou cinco vezes por semana, principalmente tento me concentrar em exercícios de força, em vez de apenas levantamentos de peso. Sou um ator, então não quero limitar minhas oportunidades de interpretar diferentes personagens. Alimentação saudável é a chave, mas eu definitivamente não morro de fome. Sou um grande comilão.

RP: Qual foi o obstáculo mais difícil que você já teve que superar na sua vida?

GS: Me mudar para os Estados Unidos quando eu tinha dezessete anos não foi fácil. Mas quando você tem uma paixão por algo e é determinado ao sucesso, você tem que fazer sacrifícios. Agradecidamente, valeu a pena. E, achar uma namorada em LA é bem difícil! Mas quando o tempo estiver certo e a mulher também, esperançosamente tudo irá se encaixar.

RP: Como você permanece equilibrado?

GS: Meu irmão iria me quebrar se eu agisse de uma maneira metida. Provavelmente minha família também. No fim do dia somos todos humanos. Eu só gosto de manter minha cabeça baixa, trabalhar muito, e ficar longe das boates. Sempre me disseram “não custa nada ser gentil com outros” e eu sempre tratei as pessoas, especialmente mais velhas, com respeito.

RP: Quais projetos você está trabalhando?

GS: Meu show da MTV, “Faking It”, está voltando ao ar para a segunda temporada essa primavera, e eu também tenho dois filmes saindo em 2015. Um se chama “Anti-Social”, onde eu faço um artista de graffiti menos privilegiado, e o outro se chama “Don’t Hang Up”, um filme de terror sobre um trote que dois amigos fazem e acontece tudo horrivelmente errado.

Confira a scan da revista:
9b849eedafb70ca575621d8a33bb405b

Fonte: Origin Magazine

CATEGORIA(S): GSBr

Confira a entrevista do Gregg para a The Laterals em colaboração com a August Man Malysia:

Shirt by HUGO by HUGO BOSS

 

O ator inglês, Gregg Sulkin, mais conhecido pelo seu papel como Liam Booker na série de sucesso da MTV “Faking It”, estava primeiro a caminho de ser tornar um jogador de futebol profissional. Contudo, não existe tal coisa como acidentes – é um destino mal nomeado, quando um severo machucado de futebol o deixou fora da área por um bom ano, Gregg Sulkin teve que achar uma nova saída para se expressar e liberar sua energia interior. E então sua história começou, de um menino de Londres que foi criado para jogar futebol e viver uma vida normal, para uma estrela na indústria de atuação, viajando o mundo.

Com seu charme e sua vibração de independência, Gregg Sulkin se tornou um dos atores mais visíveis do momento. Crescendo em Londres, ele se considerava um menino inglês normal fanático pelo Arsenal que tinha um sonho de se tornar jogador profissional de futebol. “Futebol era minha vida; Eu nunca tinha pensado sobre ser ator”, ele admite timidamente. Mas a vida teve outros planos para o jovem Sulkin; quando o doutor o informou que ele iria precisar parar de jogar futebol por um ano e meio após um ferimento no joelho, ele descobriu a atuação. “Eu me apaixonei quando percebi o quão incrível, difícil e interessante era,” ele diz e assim segue a sua obsessão por ser um ator de alto nível.

Aos treze anos, jovem Sulkin já tinha estrelado junto com o talentoso English Rose, Helena Bonham Carter, em Sixty Six e também com o ator americano, Billy Campbell, em um piloto da FOX. Sua carreira começou quando ele aterrissou em um papel de uma das séries da Disney Channel. Chegar a Los Angeles aos dezessete anos sozinho, ele lentamente trilhou seu caminho na indústria aparecendo em séries populares como “Pretty Little Liars” e “Melissa e Joey”. Além disso, esse ambicioso jovem ator também conseguiu papéis em vários filmes como “Affluenza”, “White Frog” e o novo terror de ação “Anti-Social”. Ainda no meio de aperfeiçoar seu sotaque americano e se adaptar à cultura americana, Gregg Sulkin é definitivamente um jovem talentoso de se olhar.

 

Coat by VINCE, Shirt by MARC by MARC JACOBS

 

Sweater by ARMANI COLLEZIONI

 

Entrevistador: Até a data, de ter sido entrevistado por inúmeras revistas e talk shows. O que podemos esperar de você nessa entrevista?

Gregg Sulkin: Nunca me fizeram essa pergunta! Você vai ter a honestidade, sarcasmo britânico e esperamos ter um par de risadas durante a leitura.

E: Qual foi o ponto de virada da sua vida?

GS: Eu estive trabalhando por 10 anos agora, mas eu sinto como se só tivesse começado. Navegando novas águas de papéis mais adultos têm sido desafios divertidos para mim. Eu não acho que alcancei um ponto de virada ainda, mas se eu tivesse que escolher um eu diria me mudar para os Estados Unidos que foi um dos momentos mais importantes da minha carreira. Eu vim para fazer um episódio de uma série da Disney Channel que se tornou meu papel por três anos. Foi uma grande espécie de campo de treinamento para mim sobre como sitcoms e séries da rede operam. Por ser um show tão bem sucedido e bem escrito foi uma grande oportunidade, e que eu sempre serei grato.

E: Como você se envolveu em “Faking It”?

GS: Eu na verdade fui oferecido outro roteiro de outro show na exata mesma época que a oferta de “Faking It” veio. Foi uma decisão difícil. O outro programa era para ser gravado em Londres e eu estaria trabalhando com os produtores de “One Tree Hill” (o qual eu tenho um enorme respeito). A outra opção era ficar em LA e fazer um programa para a MTV. Eu escolhi “Faking It” por numerosas razões; mas principalmente por causa da mensagem que transmitia – ser aceito por outros não importa o tamanho, raça, orientação social etc. Eu senti que nossa geração precisava de algo como aquilo. A distância também era de 10 minutos da minha casa nova, de modo que pode ter tido um pequeno impacto sobre a minha decisão.

 

Coat by VINCE, Shirt by MARC by MARC JACOBS, Jeans by GUESS, Boots by COLE HAAN.

 

E: Qual foi a cena mais estranha que você já teve que fazer em “Faking It”?

GS: Threesomes, descobrir sua sexualidade, ir em encontros como um adolescente – existem um monte de coisas que poderiam se tornar estranhas. Mas todas essas histórias no show, não importa o quão ultrajantes, são bem reais e honestas. Essas são uma das coisas que me atraíram para o roteiro, não era muito exagerado, ele foi escrito para ser muito relacionável. De acordo com o passar das filmagens, eu estou sempre sem camisa então nada mais é estranho!

E: O trailer mais recente de “Anti-Social” saiu e eu tenho que dizer que foi bastante liberador. Você acha que pode nos dizer o que esperar?

GS: SIM! É corajoso, nervoso e seu enredo é muito atual no momento. Crimes em Londres, é um problema grave e me atinge desde que a casa dos meus pais foi recentemente arrombada. Espere um monte de drama alta intensidade, policias/perseguições de carro, e assaltos a bancos. Foi um passo completo fora da minha zona de conforto.

E: Como você se preparou para esse papel?

GS: Eu realmente tive que escavar profundamente e ir a lugares que eu nunca tinha ido pessoalmente antes. Eu sai com vários amigos do elenco que cresceram nesse tipo de vizinhança esperando que eu pudesse aprender algo deles. Usei um sotaque mais áspero e comprometido com o papel. Meu pai e minha mãe cresceram sem dinheiro no East End de Londres, então eu já ouvi histórias durante os anos de dificuldades de pobreza e como tempos desesperados as vezes chamam por medidas desesperadas.

 

Coat by VINCE, Shirt by MARC by MARC JACOBS.

greggsulkin6.jpg

 

E: Qual foi sua experiência favorita enquanto filmava para “Anti-Social”?

GS: Fazer coisas ilegais que eu não sou permitido de fazer na vida real! HAHA! Aprender a grafitar foi uma explosão (meu personagem é um artista de graffiti) e também criar toda essa amizade entre colegas de elenco foi bom. Eu tenho amigos agora que sempre irão me apoiar.

E: Você tem um relação de amor e ódio com a atuação?

GS: Na maior parte do tempo é amor. Pular em um novo projeto, trazer novos personagens a vida e me desafiar são coisas que eu amo muito de fazer. É tudo o mais que vai junto com a indústria que nem sempre é tão agradável. Além disso, eu odeio o fato de que eu não posso comer chocolate e bolo sempre que eu quiser!

E: Qual é sua meta final de sua carreira?

GS: No final do dia, a coisa mais importante que eu tiro da minha carreira é ser capaz de cuidar da minha família no futuro. Se eu quero que meus filmes sejam bons? Sim, claro. Se eu quero ser como Liam Neeson e fazer minha própria versão de “Taken”? 100%. Mas minha meta diretamente não inclui fazer projetos que me ajudarão a ganhar prêmios. Eu só quero fazer um bom trabalho, escolher bons projetos e trabalhar por um bom tempo na indústria.

 

Suit by THEORY, Shirt by CALVIN KLEIN COLLECTION.

Suit by MARC by MARC JACOBS, Shirt by RALPH LAUREN DENIM.

 

E: Nos diga alguma coisa sobre você que talvez surpreenda as pessoas?

GS: Sou muito caseiro, no final do dia minha família é a minha primeira prioridade. Por seu um inglês eu realmente não me importo com chá. Eu mordo minhas unhas. Sou extremamente competitivo e eu juro um pouco demais enquanto assisto futebol. Ah, e sou viciado em biscoitos de chocolate.

E: Você trabalhou com um grande número de grandes nomes na indústria, mas o que você diria que foi um dos grandes momentos que levou sua carreira para o próximo nível?

GS: Meu primeiro projeto com Helena Bonham Carter foi memorável. Eu aprendi com ela o que significava ser um grande nome, mas também como tratar os outros com respeito e sempre ser humilde. Eu também fiz um piloto da FOX estrelando ao lado de Billy Campbell. Aprendi com ele muitos pequenos truques do comércio, mas não posso revelá-los ;) Mas eu também aprendi observando atores egoístas e egocêntricos que pensavam que eram um presente de Deus para a indústria – me ensinaram o que NÃO fazer se eu estivesse na posição que eu estou agora.

E: Existe alguém em particular que você gostaria de trabalhar num futuro próximo?

GS: Daniel Craig, DiCaprio e Clooney. Ah, e Margot Robbie…por razões óbvias.

E: Além de atuar existe algo em particular que você sempre gostou de fazer?

GS: Eu sempre quis ser um jogador de futebol. Eu estava na verdade no caminho, eu joguei para os times Queens Park Rangers e West Ham United, mas fui ferido. Eu precisava de algo para concentrar minha atenção e me apaixonei por atuação.

E: O que nós podemos esperar de você nesse ano de 2015?

GS: Bom, espero não me ver no TMZ por causa de uma briga de bar ou por ser expulso de uma boate! Para o registro, eu normalmente tento evitar esses tipos de situação. Mas eu estou bem animado para os meus fãs assistirem “Anti-Social” e também para os novos episódios de “Faking It” que serão lançados em breve.

 

Shirt by MARC by MARC JACOBS, Jeans by G-STAR RAW.

Fonte: The Laterals

CATEGORIA(S): GSBr

ATUALIZAÇÕES DA GALERIA!

O Gregg Sulkin Brasil é um fã-site oficial, administrado por fãs do ator Gregg Sulkin. Nosso objetivo é atualizar e entreter os fãs. Todas as imagens que aparecem no site são reproduções de outros sites e não reivindicamos nenhum crédito, a não ser que especificado.

PARCEIROS

Riverdale Brasil

PARCEIROS

Bob Morley Brasil

PARCEIROS

Portal Faking It Brasil

PARCEIROS

David Henrie Brasil

PARCEIROS

Emma Roberts Brasil

PARCEIROS

Sense8 Brasil
VISITE:

Sense8 Brasil

PARCEIROS

Vanessa Hudgens Brasil

PARCEIROS

Dylan O'Brien Brasil

PARCEIROS

Britt Robertson Brasil

PARCEIROS

Colin O'Donoghue Brasil

PARCEIROS

Tyler Hoechlin Brasil