Entrevistas


Texto: Landra Lee Dulin / Schön! Magazine

Nascido em Londres, o ator Gregg Sulkin começou sua carreira aos 13 anos após sua primeira audição e, desde que se mudou para Los Angeles aos 17, trabalhou com algumas das mais influentes casas de produção em Hollywood. Agora, aos 24 anos, Sulkin é confiante, carismático e profissional, despreocupadamente facilitando os trabalhos das pessoas ao seu redor e, por sua vez, não surpreende que sua carreira de ator esteja em uma trajetória tão emocionante.

Pensando em seu filme de estréia, ‘Sixty Six, ele reconhece sua sorte de ter sido escalado junto com a lenda viva Helena Bonham Carter. Ele se ilumina quando diz: Ela é a melhor… um dos seres humanos mais interessantes e talentosos do planeta. Isso foi uma experiência de abertura dos olhos e algo no momento que eu provavelmente não apreciava.” No entanto, seu papel no filme ‘Anti-Social’ em 2015 continua a ser o seu favorito até o momento. “Eu interpreto um grafiteiro”, ele explica. “Para mim, isso foi muito legal, porque eu sempre quis fazer graffiti – eu só nunca quis ir para a cadeia por isso!”

O mais recente lançamento de Sulkin Don’t Hang Up’é um filme de terror inteiramente montado com um pequeno elenco e equipe. “Eu queria fazer esse filme por causa dos diretores por trás dele”, explica. “Alexis Wajsbrot e Damien Macé são esses dois franceses que estão em efeitos visuais há anos, Alexis ganhou um prêmio por ‘Gravidade’.” No entanto, filmar um horror provou ser bastante desafiador. “Foi a experiência mais brutal da minha vida”, afirma Sulkin. “O material estava tão sombrio e eu estava chorando por seis semanas seguidas, todos os dias, 12 horas. Mentalmente eu estava exausto, fisicamente, eu estava exausto… Quando cheguei em casa depois do trabalho, eu precisava de uma vodka ou duas!”

Isto foi seguido por uma experiência menos pesada quando Sulkin assumiu um papel na comédia de vampiros adolescentes ‘Drink Slay Love’, um filme para TV produzido por sua amiga de longa data e membro da família Disney, Bella Thone, que está previsto para ir ao ar ainda este ano.

Sobre ele estar se preparando para uma parte em um horror ou comédia, Sulkin refere-se ao sábio conselho de seus ex-treinadores de futebol. “[Eles] costumavam me dizer: “Imagine pegar a bola pela primeira vez. O que você vai fazer? Não pense nisso enquanto isso está acontecendo, pense nisso antes que aconteça. “Você tem que estar totalmente preparado, porque as coisas no set mudam. Essa é a minha maneira de agir. O trabalho duro acontece antes de você chegar lá.”

O trabalho duro está valendo a pena. A próxima aventura do ator é o papel de Chase Stein na nova série de TV da Marvel para o Hulu, Runaways. Ele está ciente de que esta é uma oportunidade de mudança na carreira, que “muitas pessoas dariam tudo por isso”. A escolha para o papel foi extensa e Sulkin passou vários dias mordendo as unhas segurando o telefone, esperando por esse importante convite e, em seguida, a resposta finalmente veio: “O produtor do show me chamou com alguém da Marvel na linha e ele me disse – que é um momento que eu nunca vou esquecer – ‘Gregg, as próximas três palavras estão prestes a mudar a sua vida. Bem-vindo à Marvel.'”

Claro, Sulkin não pode divulgar detalhes da série, que são mantidos em segredo. “Eles não enviaram meus scripts para o meu e-mail, caso meu e-mail seja hackeado”, explica. “É intenso.” No entanto, ele pode nos dizer que está animado para assumir um papel na TV, “porque eu sou capaz de criar um personagem com potencial, você sabe, o período de seis anos. Na TV, você recebe uma montanha-russa de emoções; Seu arco muda. Você sempre pode descobrir mais sobre o seu personagem. Em filme, é mais como, ‘Aqui está um começo, aqui está um final, você sabe o que está fazendo… “

Sulkin parece realmente saber o que está fazendo. “Para mim, o objetivo é sempre tirar da minha própria experiência”, diz ele. “É assim que você se mantém fiel a ser um personagem honesto na tela. Muitos atores erram na tentativa de atuar e eu acho que, quando isso acontece, não é uma experiência muito agradável para eles ou para o público, porque eles não são assistindo verdade.”

Confira os scans da revista em nossa galeria, clicando nas miniaturas abaixo:


Confira todas as imagens deste álbum

CATEGORIA(S): Entrevistas

THE MARVELOUS GREGG SULKIN (O MAGNÍFICO GREGG SULKIN)
Texto: Michelle Ganney

Gregg Sulkin começou como uma amada estrela da Disney interpretando o interesse amoroso de Selena Gomez  em ‘Os Feiticeiros de Waverly Place’. Bem, agora as coisas se tornaram ainda mais mágicas para o ator londrino de 24 anos de idade, ele acaba de ser escalado como elenco principal na nova série da Marvel e Hulu ‘Runaways’. Dos criadores de Gossip Girl, Josh Schwartz e Stephanie Savage nos levam ao mundo dos super-heróis que se concentra em um grupo de seis adolescentes que descobrem que seus pais são parte de uma organização criminosa. Depois de uma incrível sessão de fotos em Beverly Hills, a revista BELLO se sentou com o talentoso Sulkin para falar sobre seu mais novo projeto no universo mágico da Marvel.

Deve ser o sonho de qualquer ator entrar no mundo Marvel e juntar forças como Deadpool, Homem-Formiga, Doutor Estanho e Capitão América. Bom, parece que foi exatamente o caso para Sulkin como ele admitiu, “quando recebi o telefonema, honestamente eu meio que pulei de alegria.”

Como você pode imaginar, o processo para obter um papel tão cobiçado foi tão secreto como você poderia pensar, “antes do Natal eu fiz um teste e foi uma dessas audições onde você tem que assinar um monte de contrato de confidencialidade e eu não poderia botar minhas mãos no roteiro. Eu não sabia o que era ou quem estava por trás disso. Eu só sabia que era uma audição que todo tipo de ator queria fazer.”

Apesar de ter sido mantido escondido por algum tempo, parece que Sulkin teve um bom pressentimento desde o início, “Eu estava bem empolgado, você sabe, eu sou sempre grato e estou sempre animado, mas eu acho que esse tinha um sabor extra. Este é um show que eu realmente queria. Então quando eu descobri que Josh e Stephanie estavam envolvidos, você sabe, eles fizeram Gossip Girl, The O.C. e Hart Of Dixie, e que era Marvel também, quero dizer, eu estava apenas como ‘ok, bem, esta é uma mistura perfeita. Eu tenho que fazer isso.'”

O personagem Sulkin é um estudante do ensino médio chamado Chase Stein que vem de uma família muito rica. Ele descreveu sua situação como “ele está em conflito no colegial e lidando com essa fachada de “eu não sou tão perfeito, estou lidando com problemas em casa que ninguém conhece.” Ele meio que se sente envergonhado de compartilhar isso com o mundo.

E, claro, como qualquer drama adolescente Chase é um jogador forte e atraente do time de lacrosse no ensino médio, então o minuto em que Sulkin descobriu que ele estava na academia quase imediatamente, “Eu tive um pressentimento de que estaria sem camisa o tempo todo… então eu tive que dizer adeus aos biscoitos e olá à proteína!”

O elenco em ascensão parece estar se saindo muito bem, “todo mundo é incrível, todo mundo tem se apresentado tão bem. E o melhor, eu ganhei cinco novos melhores amigos. Eu honestamente, fiquei bastante impressionado com todos.”

Além de Marvel, o jovem de 24 anos de idade tem muitos outros projetos em seu prato. Ele recentemente estrelou no drama Anti-Social com a atriz de Suits Meghan Markle. Este foi um projeto enorme de qualquer coisa que ele já fez antes, “esse foi um papel muito desafiador para mim, porque nesse filme eu interpretei um artista de graffiti que era meio do lado errado dos trilhos. Para mim, foi uma outra experiência e filmamos em Budapeste, Hungria. Mais uma vez, isso foi sobre um inverno muito frio, então é claro que estou feliz por ter feito o filme, mas também estou feliz por estar de volta na Califórnia ensolarada! “

Outro filme obscuro que a ex-estrela da Disney faz parte é o drama chamado ‘Don’t Hang Up’, que ele estava esperançoso, “Eu estava realmente muito empolgado com o filme, acabou muito bem. Acho que o filme vai se sair bem entre os fãs de filmes alternativos.”

Ele admitiu que não foi fácil entrar no personagem, porém, “a filmagem foi brutal, foram oito semanas no mesmo set, com as mesmas pessoas, com os mesmos atores e havia um monte de material sombrio. É cheio de suspense, ele mantém você na borda de seu assento. Não é muito sangrento, é mais um filme de suspense.”

Ele não tinha nada além de elogios para seus diretores premiados também, “Eu só acho que trabalhar com Damien [Mace] e Alexis [Waisbrot], meus dois diretores franceses que ganharam Oscars por efeitos visuais no passado, esse tipo de coisa é muito legal. Acho que este filme tem uma sensação realmente única e fresca para ele, acho que você vai ver quando você vê-lo. Eles assumiram alguns riscos com o filme e eu acho que eles fizeram isso muito bem.”

Claro que não poderíamos passar pela entrevista sem falar sobre sua base de fãs dedicados e multiplicadora. Com 3,3 milhões de seguidores no Instagram e 1,12 milhões de seguidores no Twitter, não é de estranhar que Sulkin seja atormentado pelas meninas diariamente: “Eu estava no set hoje e estávamos filmando em uma escola e eu não penso nisso com muita frequência, mas fiquei cercado por quase 200 meninas e é tão genuinamente inacreditável.”

O ator cativante continuou a destacar a sua modéstia e humildade, “Eu ainda acho que é meio louco que as pessoas me apoiam, mas eu sou tão grato por todos eles. Eles são sempre tão doce, eles são sempre tão agradável e é ótimo poder compartilhar e crescer com eles. Com a minha carreira, acho que cresci com meus fãs e meio que amadureci como ator à medida que amadureceram. “

Quando perguntado o que ele queria dizer aos seus fãs, ele simplesmente disse: “Obrigado por me ajudar e por me apoiar, ainda não sei por que eles fazem isso.”

Confira os scans em nossa galeria de fotos, clicando na imagem abaixo:

CATEGORIA(S): Entrevistas

Confira abaixo a entrevista que Gregg concedeu para a Flaunt Magazine, em novembro de 2015:

Nós podíamos ser da realeza, mas nada seria nobre, e o ator Inglês Gregg Sulkin precisaria de uma nova classe toda sua. Como o galã Liam Booker no seriado da MTV, ‘Faking It’, ele é quente demais para seu próprio bem (ménage à trois, amassos, mágoas, oh Deus!). Embora Sulkin enfrente problemas de compromisso nas telas, na vida real, a estrela de 23 anos está orgulhosamente comprometida. Ele e Bella Thorne fecharam o rumor dos paparazzis exibindo abertamente seus afetos um pelo outro (sorrisos, beijos, e confissões em entrevistas, sim!). Sulkin carrega sua gostosura involuntariamente com uma calma graciosa. Em entrevistas, especialmente, ele é bem falado em saudações a sua arte – um método de atuação, ele mantém um sotaque americano enquanto grava ‘Faking It’. Fora do trabalho, por assim dizer, pode-se esperar que ele permanece gentil. Sim, Sulkin é profundamente interessado em futebol (o original, jogado com os pés). Embora nós apostamos que ele deixaria baixar a sua guarda, e soltaria seu sotaque padrão, nós colocamos as chances de vandalismo de Sulkin perto de zero.

Estamos encantados.

Apesar de uma nomeação ao Teen Choice Awards 2015 – Melhor Estrela de TV do Verão – e seu trabalho no próximo suspense adolescente ‘Don’t Hang Up’, o sempre-procurado Sulkin garantiu tempo para falar conosco.

Se você pudesse interpretar qualquer personagem, quem seria?

Honestamente, Bond. Que cara jovem não quer ser o fodão mais clássico? Veremos se acontece, mas é algo que sempre sonhei.

Eu acho que é bem importante nessa indústria ser seletivo com os papéis e projetos que consigo, é algo que sempre estou consciente sobre. Outro grande sonho meu é também produzir. Esperemos que nos próximos cinco anos, vou estar estrelando em algo tanto como produzindo.

O que está a vista?

Estou começando a gravar a terceira temporada de ‘Faking It’, que estou bastante animado. Tem sido uma experiência agradável e também uma honra estar trabalhando em uma série tão inovadora. O elenco e a equipe são de verdade como minha segunda família e nosso produtor Carter Covington é alguém que eu tenho o maior respeito.

Eu também tenho um filme de terror saindo chamado Don’t Hang Up, que deve sair em 2016. É um filme que estou bem orgulhoso. Nós filmamos em Londres, que foi uma experiência, principalmente porque eu consegui o trabalho na America, voei para Londres para gravar um filme que deveria ser baseado nos Estados Unidos e tive que ficar com meu sotaque Americano o tempo todo enquanto estava na minha cidade natal!

O material era bem sombrio e desafiador e acho importante como um ator se impulsionar para fora de sua zona de conforto.

Qual é a sua característica mais Britânica? Qual a coisa mais “Americana” em você?

Mais Britânica? Eu amo futebol. Sou um grande fã do Arsenal e acordo muito cedo nos fins de semana para assistir as partidas. Frequentemente recebo reclamações de barulho em hotéis porque estou gritando para a TV como um maluco!

Americana? Bem eu acho que muita gente em L.A vive um estilo de vida bem saudável e vão para a academia, acho que definitivamente adaptei isso para minha vida. Apesar de eu ser um grande comilão então não é fácil!

Descreva um dia perfeito.

Ninguém, na verdade, me perguntou isso antes! Idealmente, conversar com minha família pela manhã no Skype/Facetime, dirigir para o estúdio, ir para casa a tarde, assistir futebol e passar um tempo com minha namorada.

Você sente que as pessoas tem uma ligação pouco saudável com seus smartphones? Você poderia viver sem ele? Isso importa?!

100%. Vá a qualquer restaurante, boate, cafeteria e verá o vício por si mesmo.

A tecnologia deixou as pessoas mais próximas em certas comunidades ao redor do mundo, mas eu também sinto que contribuiu nas pessoas ficando preguiçosas e desleixadas com suas próprias amizades – é tão fácil falar com alguém por mensagem, em vez de se encontrar cara a cara.

Por um lado eu amaria viver sem ela. Por outro, fez coisas como viver em L.A. e se conectar com minha família do outro lado do oceano tão mais fácil.

Acho que é tudo sobre como você administra isso e percebe quando usar o smartphone e quando não usa-lo.

Qual foi o último conselho que sua mãe lhe deu?

Escove seus dentes. Certifique-se que está bonito e cheiroso.

Qual é a qualidade mais atraente em outra pessoa?

Acho que quando alguém está disposto a ser altruísta, isso para mim é bem atraente.

Como você toma seu chá?

Eu prefiro vitaminas, sendo honesto! Sei que sou Inglês mas eu, na verdade, não bebo chá diariamente.

Conte-nos sobre alguém que mudou o rumo de sua vida.

Ambos os meus pais; eles sempre me ensinaram a permanecer humilde e gentil. Eu gostaria de pensar que essas são duas qualidades que possuo. Eles sempre estiveram lá para mim e eles me permitiram, aos 17 anos de idade, me mudar para a América para fazer um programa de TV. Por esse motivo, sempre vou ser muito grato por eles me permitirem correr atrás do meu sonho. Eles acharam o equilíbrio certo entre serem protetores e cuidadosos, recuarem e me permitirem cair de cara no chão de vez em quando para que eu possa aprender com meus próprios erros. Além disso, meu irmão é meu melhor amigo e sou muito sortudo de tê-lo em minha vida.


Confira todas as imagens deste álbum

CATEGORIA(S): Entrevistas

Foi liberada hoje (25) uma entrevista do Gregg sobre seu novo filme animado, Frog Kingdom, confira:

Gregg Sulkin do novo filme “Frog Kingdom” está aqui para responder suas perguntas!

Q: Você pode descrever seu personagem em Frog Kingdom? Você tem algo em comum com ele?

Gregg: Eu faço o inspetor Noggin, mas o filme é sobre um mundo auto-suficiente, que é na verdade só uma lagoa onde os sapos vivem. É uma sociedade monárquica com um rei, uma rainha e uma princesa. Todo ano, eles mantêm os Jogos Olímpicos dos sapos e esse ano, o rei decidiu dar sua filha para casar com o ganhador dos jogos. Então, princesa Froglegs foge. Ela se disfarça para competir os jogos e ganhar pra provar que “não precisa de homem nenhum”. Inspetor Noggin é um dos conselheiros do rei e um pouco sabe tudo – tipo Sherlock Holmes. O rei o manda encontrar a princesa e trazê-la de volta. Eu não poderia me relacionar com ele porque eu gosto de ouvir e aprender das pessoas mais informadas que eu, e meu personagem definitivamente não é assim.

Q: Qual é sua cena favorita no desenho Frog Kingdom?
Gregg: Provavalmente a cena da Princesa Froglegs nos jogos.

Q: Como você decidiu que queria estar em Frog Kingdom?
Gregg: Mychal Simka e eu trabalhamos juntos antes e eu gostei da ideia do filme. Mychal me queria a bordo, então fiquei feliz em participar.

Q: Qual seu livro favorito e por que?

Gregg: Uau. Pergunta difícil – Eu leio tantos scripts que não tenho tempo de ler livros tanto quanto eu gostaria!

Q: É divertido atuar em séries e filmes?
Gregg: É o melhor. Eu sou muito sortudo e sou bem ciente disso.

Q: Como foi ser um lobisomem em Feiticeiros de Waverly Place?
Gregg: Foi incrível. O canal me tratou muito bem e me deu uma ótima base para construir. Eu desenvolvi como ator e felizmente minha base de fãs tem crescido maciçamente também.

Q: Qual sua comida favorita?
Gregg: Chocolate ou biscoitos. Eu tenho um paladar doce.

Fonte: Ink Splot 26

 

Confira também o trailer do filme:

 


Confira na íntegra, a entrevista que o Gregg concedeu à Visual Tales Magazine no mês de maio:

Visual Tales: Defina a palavra “ator” e o que isso significa para você.

Gregg Sulkin: Alguém que é comprometido, profissional e disposto a sair da sua zona de conforto, enquanto mante os elementos de sua própria essência e personalidade que o faz diferente de todo mundo.

VT: Você começou sua carreira de atuação numa idade bem jovem, 10 anos. Como foi essa experiência? Foi fácil a transição para papéis mais maduros ou foi uma experiência completamente diferente?

GS: Eu tenho sido sortudo. Foi uma experiência bem esclarecedora estar em filmes e na TV quando criança. Eu pude compartilhar as telas com atrizes como Helena Bonham Carter, então eu aprendi grandes negócio. Eu também costumava olhar para atrizes/atores arrogantes no set e pensando “se eu um dia estiver nessa posição, esse NÃO é o jeito de agir!” Então você espera aprender do melhor e se comportar diferente do resto. Eu acho que minha transição aconteceu naturalmente. Pra mim. Não tem sido tão difícil. Graças a Deus!

VT: Quem você se inspirou na sua profissão como alguém que você gostaria de ser?

GS: Leonardo DiCaprio e Bradley Cooper. Eles levam isso a outro nível. E de novo eu também tenho um grande respeito por alguém como Channing Tatum, que começou como um modelo/dançarino e ganhou respeito para tornar-se alguém familiar. Andrew Garfield é também alguém que eu tenho um grande respeito e admiração.

VT: Você tem feito uma série de atuações em filmes, filmes de televisão e séries de televisão. O que é mais interessante para você como um ator que já vivenciou todos eles?

GS: Eu não conseguiria dizer. Tudo depende do personagem, as pessoas envolvidas e o roteiro. Leva vários elementos para um filme ser fantástico e realístico, só um elemento dando errado já torna tudo um desastre.

VT: Na cultura de redes sociais que vivemos, tudo é levado por número de seguidores do twitter e instagram. Sucesso as vezes pode ser determinado por quão popular e atrativo você é. Qual sua visão pessoal disso?

GS: Olhe, no final do dia, você ter 5 milhões de seguidores te faz mais importante de alguém que tem 50? Aparentemente sim, mas aos meus olhos, não mesmo. Na realidade, um médico salvando alguém tem 75 seguidores, mas uma garota atraente tem 2 milhões. De um ponto de vista do marketing, em favor de contratar um ator, claro que importa e negócios são negócios – eu entendo isso. Mas eu acho que nossa sociedade no geral gasta muito tempo em redes sociais e usando tecnologias. É uma vergonha, mas esse é o caminho que nossa sociedade está seguindo. É o que é.

VT: Você está atualmente na segunda temporada de “Faking It”. Nos conte sobre seu personagem, Liam Booker. Como você vê a evolução desse personagem no futuro? Seus dias de colegial foram tão loucos como no Hester High?

GS: Eu não faço ideia! Os escritores parecem estar fazendo meu personagem mais engraçado conforme o show progride, então vamos esperar que continue. Eu vim de uma escola só de garotos que eu odiava. Os professores de Liam gostam dele em Hester High. Meus professores e eu definitivamente não éramos melhores amigos!

VT: Você fez um filme ano passado chamado “Affluenza”, o qual fala sobre adolescentes privilegiados de famílias ricas e como fortuna não é a resposta para felicidade. Sendo do show business, qual é a sua visão na fama e estilo de vida dos ricos e famosos? A imagem que a mídia passa é simplesmente borrada?

GS: Minha visão sobre a fama: vem com muita responsabilidade e se você a usa para dar um impacto positivo no mundo, é abençoada. Sobre ser rico: Uma vez eu li uma citação – é na verdade o plano de fundo do meu celular – que diz. “Não importa quão legal sua casa é, quão novo é seu carro, ou quão grande é sua conta do banco, nós todos terminamos no mesmo tamanho de túmulo. Permaneça humilde.” É verdade. Eu acho que muitas pessoas são obcecadas por dinheiro, o que diminui o tempo que você tem de apreciar as coisas gratuitas, como amizade, a paisagem, esportes, etc. A mídia faz tudo parecer perfeito. Eu conheço várias celebridades que são consideradas ícones, mas se as pessoas as conhecessem de verdade, eu duvido que continuariam sendo seus ícones.

VT: Se você pudesse mudar uma coisa na indústria de entretenimento, o que seria?

GS: A indústria atual é boa. Eu amo. Embora, eu provavelmente gostaria de ter certeza que o processo de casting fosse um pouco mais amigável com o ator.

VT: Nos conte sobre seus próximos projetos de filmes.

GS: Tenho dois filmes saindo em breve: “Anti-Social” chega aos cinemas em maio no Reino Unido. Eu faço um artista de graffiti “badass”. Eu quis esse papel porque era tão diferente e desafiador. O outro filme é “Don’t Hang Up”, um filme de terror que sairá no final de 2015. Eu realmente quero fazer um filme de ação, mas talvez demore alguns anos.

VT: Então esse tema é “Estrelas”: se você tivesse a oportunidade de ir pra algum outro planeta da galáxia, qual deles você escolheria? O que e quem você levaria junto?

GS: Eu quero ir a todos! E além da minha família, (eu levaria) uma garota, então nós poderíamos nos apaixonar, ter filhos e ser a primeira família naquele planeta. Essa é uma historia para contar aos netos!

Confira todas as scans na nossa galeria clicando na imagem abaixo:

VTM5

 

Fonte: Visual Tales Magazine

 


Confira exclusivamente a entrevista que o Gregg concedeu à alguns meses para a Origin Magazine, a qual foi liberada nesse sábado (06) de junho:

[ATUALIZAÇÃO] *** Edição de junho (Origin 24).

Sobre cuidar de sua família, ser saudável, e tentar achar uma namorada em LA.

Robert Piper: O que te inspira?

Gregg Sulkin: Minha família é a coisa mais importante pra mim. Portanto, é, sem soar muito brega, minha meta e sonho cuidar da minha família agora e esperançosamente uma família futura. Eu estou animado para ser um pai um dia. Não agora, mas definitivamente no futuro.

RP: Como você permanece saudável?

GS: Eu malho quatro ou cinco vezes por semana, principalmente tento me concentrar em exercícios de força, em vez de apenas levantamentos de peso. Sou um ator, então não quero limitar minhas oportunidades de interpretar diferentes personagens. Alimentação saudável é a chave, mas eu definitivamente não morro de fome. Sou um grande comilão.

RP: Qual foi o obstáculo mais difícil que você já teve que superar na sua vida?

GS: Me mudar para os Estados Unidos quando eu tinha dezessete anos não foi fácil. Mas quando você tem uma paixão por algo e é determinado ao sucesso, você tem que fazer sacrifícios. Agradecidamente, valeu a pena. E, achar uma namorada em LA é bem difícil! Mas quando o tempo estiver certo e a mulher também, esperançosamente tudo irá se encaixar.

RP: Como você permanece equilibrado?

GS: Meu irmão iria me quebrar se eu agisse de uma maneira metida. Provavelmente minha família também. No fim do dia somos todos humanos. Eu só gosto de manter minha cabeça baixa, trabalhar muito, e ficar longe das boates. Sempre me disseram “não custa nada ser gentil com outros” e eu sempre tratei as pessoas, especialmente mais velhas, com respeito.

RP: Quais projetos você está trabalhando?

GS: Meu show da MTV, “Faking It”, está voltando ao ar para a segunda temporada essa primavera, e eu também tenho dois filmes saindo em 2015. Um se chama “Anti-Social”, onde eu faço um artista de graffiti menos privilegiado, e o outro se chama “Don’t Hang Up”, um filme de terror sobre um trote que dois amigos fazem e acontece tudo horrivelmente errado.

Confira a scan da revista:
9b849eedafb70ca575621d8a33bb405b

Fonte: Origin Magazine

ATUALIZAÇÕES DA GALERIA!

O Gregg Sulkin Brasil é um fã-site oficial, administrado por fãs do ator Gregg Sulkin. Nosso objetivo é atualizar e entreter os fãs. Todas as imagens que aparecem no site são reproduções de outros sites e não reivindicamos nenhum crédito, a não ser que especificado.

PARCEIROS

Riverdale Brasil

PARCEIROS

Bob Morley Brasil

PARCEIROS

Portal Faking It Brasil

PARCEIROS

David Henrie Brasil

PARCEIROS

Emma Roberts Brasil

PARCEIROS

Sense8 Brasil
VISITE:

Sense8 Brasil

PARCEIROS

Vanessa Hudgens Brasil

PARCEIROS

Dylan O'Brien Brasil

PARCEIROS

Britt Robertson Brasil

PARCEIROS

Colin O'Donoghue Brasil